Rio Claro, 24 de abril de 2016
Cara presidenta,
É difícil escrever… Acho que você sabe muito bem do que estou falando. Toda essa confusão! Nem sei por onde começar… Talvez pelo começo, correto? Devo, então, me apresentar. Sou Andréia Maressa, uma moça de 24 anos, e como todo ser vivo, ainda tenho muito a aprender. 
Outro dia vi a foto de uma pixação num muro. Era pra você. Será que você viu? Falava que a senhora é bonita. Também acompanhava um texto… Muito belo! Sei que está corrido, ainda mais nessa situação…Mas se sobrar um tempinho dê uma lida¹. 
É certo que nunca vamos nos conhecer. E, muito provavelmente, nada do que eu faça, nem mesmo esta carta, chegue até você… Porém, sabemos que o contrario acontece, afinal, a senhora é presidenta do Brasil, eleita com 54.501.118 votos, rs, o bastante para fazê-la ser noticia, eu imagino. Às vezes eu nem queria saber muito sobre a sua vida, sabe? Mas é que as notícias não nos deixam em paz! – Será que é verdade, será que é mentira? – Essas notícias são o Ó! Atrapalham a senhora e mais um monte de gente que não consegue pensar por si só! Difícil, Dilma…
Fico pensando que ser um figura pública  deve ser bem trabalhoso… Seja você um mala, ou uma pessoa bacana. Sei que a senhora é bacana. Tenho muita certeza disso, aliás! Não importa o que dizem de você pra nós, do seu governo, da sua gestão, das suas roupas, do seu cabelo, aparência e tudo mais… 
Eu simplesmente simpatizo com a senhora também! Fico lendo e pensando a sua história… Não deve ter sido fácil… E sinto muito por tudo o que viveu. De verdade! Só de imaginar aqueles homens podres colocando a mão em você, já me dá vontade de gorfar o almoço que acabei de comer. Daí ligo o PC, e tumba: vejo xingamentos afrontando você! Lhe chamam vaca, vadia, safada e sapatona (como se esse fosse pra ofender também…). Desculpa por escrever isso! Não sei se você sabe o que andam falando de você… Nem gostaria de ter-lhe contado, mas é que fico indignada! 
Sabe, a senhora está sendo acusada de coisas que não fez! E mesmo se numa relidade muito distante, tivesse feito, não é motivo para lhe chamar como lhe chamam. Estão dando um golpe no país, agredindo à soberania popular, mas acima de tudo agredindo a MULHER que eu e a senhora somos. Isso sim! Isso tem me deixado furiosa! Possessa! 
De tantas coisas que poderiam falar, resolvem retrucar justo o fato de ser a senhora uma mulher; quantos homens já não passaram por este cargo e fizeram uma lambança potencialmente maior do que qualquer que tenha sido um pequeno deslize seu?  Oras… Veja lá! Eu no seu lugar já tinha rodado a baiana, mandado aquele Bolsonaro tomar no meio do cu (desculpa pessoal que não gosta de palavrão e lê meu blog, mas…), porque ele só fala disso, e acha que isso deveria ofender nosso companheiro Jean Wyllys, que é homossexual. Também teria dado uma voadora no Cunha, mas só pra ver se é oca mesmo a cara de pau dele. E sairia sapateando com o saltinho dos sapatos que a senhora usa – que são uma graça, por sinal… – em cima daquele Temer, que olha Dilma, até hoje não entendi como a senhora o manteve vice!  (Isso conversamos outra hora…)
Só que não! Tu me aparece no dia seguinte, com cara de mantra da serenidade e responde todos aquels jornalistas de boa. QUE MULHER! QUE MULHER!
Sabe Dilma, eu poderia falar um montão de coisas aqui, mas eu tenho que tomar um banho e continuar minha pesquisa… Imagino que você também tenha suas inúmeras reuniões e compromissos… Quase esqueci o que vim falar! Poxa vida…! É mesmo!Vim falar que tenho esperança! Vejo você e tenho esperança! Sim! Nossas mulheres são fortes, são jovens e velhas guerreiras… E como a senhora nos representa! Não desista! Por nós, por favor! Não teve e nós também não teremos medo de lutar! Não teremos medo desses velhos conceitos que insistem em nos matar, violentamente, ou pouco a pouco, no nosso dia a dia. Venceremos juntas! Obrigada por tudo! 
Um forte abraço!
Andréia Maressa da Silva

 ¹ – Veja a pixação e o texto pra Dilma da outra moça. 
Anúncios

5 comentários sobre “Carta para Dilma Rousseff

  1. Legal, olha que não sou partidário, mas sempre achei que respeito é fundamental. Me diz uma coisa Andréia, é você quem faz os desenhos, acho o máximo, parecem aqueles personagens de tiras, rsss. Beijão e bom começo de semana. :)

    Curtido por 1 pessoa

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s