Teu Riso – Pablo Neruda


Um outro olhar para o belo poema de Pablo Neruda, Teu Riso. Aventuro-me numa proposta contrária ao sentido original do poema. Apenas com um trecho, convido vocês para uma re-leitura do riso que lhe for alheio.

 

 

Andréia Maressa 
06 de Abril de 2016

Anúncios

4 comentários sobre “Teu Riso – Pablo Neruda

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s