Maria-Flores

Flores, que belo nome! 
Bem pensei em quantos amores
Já não quiseram a ti…
És mesmo como flor.
Bela, e na certa, de bom odor. 
Indelicado de minha parte,
porém, pintar-te como uma arte…

Poetizar-te.

Mas não pude deixar de notar,
O seu vívido olhar!
Atentos à todo o evento.
Já me causas até certo tormento,
pensar em teu sofrimento!

Menina-Maria,
O que eu não faria,
pra que nunca mais,
nenhuma Maria,
tenha que sofrer,
por tanta beleza assim “conter”
Menina-Flores,
que nunca cresçam espinhos sobre ti
e eu sempre te veja a sorrir!

WIN_20151203_112242

 

Andréia Maressa
Rio Claro, 02 de Dezembro de 2015.
Para Maria. 
Anúncios

Um comentário sobre “Maria-Flores

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s