Deus não é a solução dos seus problemas

Eu não conheço Deus. Ou eu não conheço o deus que todos falam…Aliás, cada um fala de um deus, não tenho certeza se estão falando do mesmo cara que a Xuxa; “o cara lá de cima”…Acho uma tremenda falta de respeito! Será que é de boa chamar Deus de cara? Ele é tão descolado assim?
Não tenho certeza de como devo chamá-lo. Deus; deus; um deus; o Deus; O DEUS…E por aí vai. Eu nunca conheci Deus; não sei como ele é, do que ele gosta de falar, do que gosta de ouvir e com que tipo de ser ele anda, porque vai saber né…”Diga-me com quem andas e te direi quem tu és.”
 
As pessoas falam demais, falam de tudo, de todos e até inventam de falar de Deus também. Já ouvi cada coisa! Se eu fosse ele, ficaria chateada, por que ele não aparece pra calar a boca desta galera? Povo chato! Bom, vai ver ele não existe mesmo…Ou quem sabe ele não liga pra essas coisas. Mas tá aí! Para o que Deus liga? Vai ver ele está mais ocupado com outras questões do Universo ou quem sabe ele mesmo não é o Universo? Mas enfim, entrar nos cultos (principalmente os cristãos) buscando conhecer Deus hoje, tem sido tão enfadonho quanto tentar entender sozinha uma possibilidade qualquer de Deus. E eu fico aqui me perguntando qual é o lugar certo para encontrá-lo e trocar uma ideia, bater um papo, etc. Pois uma coisa eu tenho certeza; não é pelos outros que eu vou conhecê-lo. 
 
Outro dia eu ouvi dizer que um cobrador de ônibus tomou cinco tiros pois discutiu com uma mulher durante o trabalho. Não sei o nome dele e tão pouco como ele gostava de ser chamado; não sei a idade ou quantos anos aparentava ter; não sei que roupa usava ou se costumava usar roupa. Só sei que ele passou pela Terra por uns tempos, algumas pessoas o conheceram e tem algo para falar dele, seja bom ou ruim. 
 
Será que Deus está morto?
 
Ouvi falar de muitos milagres, e não sei por que todo mundo sempre bota a culpa nele. Coitado…E se ele for uma entidade do mal? Não ia querer receber esse título de Deus bondoso, porque isso é coisa do Diabo. Acho que o que deve incomodar mais é quando misturam o nome dele com dinheiro e bens materiais, o milagre da casa própria em Acapulco…Puta, Deus me dê paciência!
Paciência…Esse deve ser um outro atributo divino, mas se ele fica distribuindo características do caráter dele assim eu não sei não, hem…E se deus for impaciente? Meu, se ele tiver unhas, aliás, se ele tivesse unhas elas poderiam estar todas ruídas neste instante; não deve ser fácil administrar tudo isso! Será que ele tem gastrite? Eu ando tão nervosa…
 
E se deus for eu? Será pecado pensar assim? Eu acho que é pecado nunca ter pensado em formas diferentes de DEUS….E ir acreditando no que todos falam. Um cara barbudo, velho e acabado não é a imagem que eu quero ter…Ai, pensando bem eu não quero mesmo é pensar em uma imagem para alguém que nem conheço!
DEIADEUS
 
Hoje em dia, discute-se tanto o preconceito… Não é preconceito falar de quem não se entende nada? Eu não sei bem, cada um é cada um, e algumas pessoas, não poucas, falam que já conheceram a Deus…COMO?! (Nesse momento, você pode fazer diversos comentários sobre a sua experiência, tentando dessa forma, convencer-me, e principalmente convencer-se, de que há um Deus feito à sua imagem e segundo os critérios dos seus semelhante, ok!?)
 
Deus não é ausente nem inexistente. Isto é certo! Do contrário não entraríamos sempre nesta mesma discussão sobre quem ele é e seus poderes, mágicos, rs. A propósito ele pode ser apenas uma IDEIA existente. Acho muito curioso, sempre, em todas as civilizações, as pessoas darem uma cara e um nome diferente para esta entidade superior: Sol, Lua, Bwana, o deus de Abraão, Alá, יהוה, Gaia, God, Godness, Destino, Mãe Natureza, Vibe, Universo, Vacas, a galera do Olimpo….E tantos outros! 
Que carência…E no fim, estes deuses se existiram ou não, se são os mesmos ou não, eu não sei. Mas sei que são tod@s caricaturas utilizadas para suprir nossas futilidades humanas de entendimento das coisas. Quando é que vamos assumir que não entendemos nada mesmo?!
 
O deus moderno, que está em alta é o cristão, bom, justo e passivo. (Estou no hospital e acabam de chamar o Everton Messias…Não deixei de reparar no nome, que profético!)
As pessoas sem o conhecê-lo, ditam as regras, os juízos e a moral dele… ?… Agradecem por coisas que ele talvez não tenha dado e pedem por coisas que talvez nunca dê! E, por falar nisso, deveria dar? Essa ideia é muito conveniente. Inclusive na auto-punição. Mesmo no lado ruim da coisa, ele parece se adequar “as nossas” necessidades punitivas com “sua” justiça divina e santa. E o que não entendermos, bem, fica por conta do plano misterioso e salvador que ele tem para nós. 
 
Daí fiquei maressando; as pessoas colocam Deus em cada canoa furada que não é fácil… Acho que nem elas mesmo sabem o que querem e botam ele no meio dessas enrascadas. Tenho uma porção de exemplos: É gente que fica pedindo pra deus curar enfermo em leito de morte, é gente que fica pedindo novo emprego e não saiu de casa pra procurar, é gente que fuma e pede um pouco de folego pra essa vida fatigada, é gente que pede misericórdia e nem sabe o significado disso, é gente que xinga deus porque ele não existe, é gente que posta foto no Facebook maquiad@ e agradece a deus pelo almoço, é gente que acha que deus acha alguma coisa, é gente que agradece a deus pelo furto nosso de cada dia, é gente que pede a deus pra tirar a vida do próximo, é gente que ora pelo deficiente físico, é gente que ora pra não pegar AIDS, é gente que não estuda e quer passar na matéria, é gente que reza pra arrumar marido/esposa.
Mas por Deus!!! Quem é esse Deus??? Coloque-se no lugar dele por um instante. Você é capaz de fazer isso?
 
Sabe eu não vejo problemas em ter fé. Acho até bom demais da conta. A fé move. O problema é fazer caricaturas de um deus que não deixou nem um retrato pra fazermos qualquer tipo de especulação… Enfim a ideia tá aí! Será que Deus vai me condenar?
 
Andréia Maressa da Silva
Rio Claro, Hosp. Stª Filomena, 19 de novembro de 2014.

 

Anúncios

5 comentários sobre “Deus não é a solução dos seus problemas

  1. Quando a gente tem dúvidas sobre quem é uma pessoa fazemos normalmente três coisas: 1. especulação com bases em fatos, causos e pensamentos; 2. fofocamos ou conversamos com outras pessoas e montamos um estereótipo dentro de nossa mente de todas as informações que agrupamos; 3. ou nos aproximamos para saber quem elas realmente são. Claro que são pontos generalizados e com base no meu ponto de vista, assim como seu texto. Ah! Existe uma 4a coisa. que se chama experiência e/ou percepção, em relação a pessoa que tenho dúvidas.
    Perguntar, imaginar não é pecado. É saudável e estimula o ponto 3, citado acima. Veja Jó, o maior questionador de todos. Por outro lado, acrescentar ou remover informações a respeito desse do qual você questiona feitos e pessoa, é. Ap. 22:18-19.
    Partindo do princípio que existe um Deus, portanto um ser superior, não podemos sequer nos colocar no lugar dele já que somos diferentes, pedimos e temos propósitos e objetivos diferentes como vc disse acima. Natural é esperar que alguém acima de nós seja melhor. Logo, a canoa furada tem mais de um furo.
    Não podemos afirmar que todos os deuses são o mesmo mas por outro lado podemos entender a busca do homem natural por algo ou alguém sobrenatural… a eternidade foi colocada em nosso coração sem que possamos descobrir “as obras dele” (Ec. 3:11).
    O homem é um nato contador de histórias e tenho certeza que daqui alguns anos teremos outras narrativas e questões ainda mais complexas sobre Deus, deus, o deus. A questão é que quando a gente realmente não se importa – com qqr coisa na vida – a gente não questiona. Portanto, se Deus não é a solução para os seus problems as dúvidas acima não fazem o menor sentido.
    Com esse monte de parágrafos jogados, tenho o mesmo objetivo que o seu: questionar e fazer pensar!
    Keep thinking!

    Curtir

    1. Meus parágrafos estão jogados?

      Deus é uma pessoa? Uma pessoa superior? Ele é superior?

      Quando vc entendeu a eternidade? De que eternidade estamos falando? Material? Eu átomo, posso ser pedra. Mas eterno? Quando você dimensionou a eternidade? Lendo na bíblia ou dicionário? Quando você leu aquilo que realmente pensa?

      Destaque: “A questão é que quando a gente realmente não se importa – com qqr coisa na vida – a gente não questiona. Portanto, se Deus não é a solução para os seus problems as dúvidas acima não fazem o menor sentido.”

      O título do texto é um alerta pra quem vê deus como solução de tudo, talvez eu tenha falhado no meu objetivo… Cara, quem vê qqr deus como solução pra qqr problema e vai passando a bucha pra ele, esse sim ñ questiona. Nao adianta nada ficar pedindo um monte de coisa pra uma entidade qqr, se vc nao a\o conhece minimamente.

      e BEM, fui desafiada a continuar pensando… acho que é tranquilo para mim.

      Meu desafio para vc e tod@s que leem, é que busquem os seus argumentos fora daquilo que sempre veem buscando. Vc é capaz?

      Curtir

  2. Ei sabe o que falta no seu blog? Um botão para curtir o post hahaha’ ou eu cega não encontrei :( curti sua visão, aliás eu curto visões diferentes de um assunto com ângulos tão iguais. Não falo de Deus, mas tenho fé e acho que são duas coisas que estão longe de ser relacionadas. Gostei muito do texto.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s