Insônia

Imagem


E assim que você acaba de se ajeitar na cama, percebe que mesmo com sono não conseguirá dormir.

Esta ou aquela posição; nenhuma está servindo. Primeiramente você se movimente devagar, para não acordar quem divide o silêncio noturno com você, mas passados alguns minutos está se jogando na cama em busca da posição ideal.

Os lençóis agora parecem te incomodar. Estão roçando a tua pele como lixa ou estão lisos demais e sobremaneira gelados. As cobertas também não te satisfazem, ora cobrem a cabeça, ora os pés. Elas sempre te serviram. Por que hoje estão tão ruins?

Você decide então ler um livro. Mas desiste ao perceber que está cansado demais para isto. Então que tal ligar o computador? – Diz uma voz, já conhecida, na sua cabeça. – Não. É melhor não! Se não aí que não durmo mesmo.

De barriga pra cima, olhos fechados e mente aberta. Nela entram e saem os pensamentos dos qual você nunca teve vontade de pensar. Abre os olhos. Que porcaria! Quer se livrar deles, mas não consegue. São parentes morrendo, figuras disformes e incompreensíveis, sons estranhos, conversas do dia, coisas pra fazer, o ex-alguma-coisa te infortunando, você feio, você morrendo e outras bizarrices inexplicáveis. A cabeça não se esvazia. A luta para não pensar se intensifica.

Em dias de chuva, não sei por que parece que as coisas pioram. O som da chuva, não te ajudará a dormir como todos dizem. Aliás, todos dão muitas receitas pra dormir, mas nenhuma delas funcionou com você este dia, não é mesmo? Mas a chuva. Presta atenção você nela e não tem certeza se o barulho é causado porque ela está caindo ou se é porque caiu no solo.

A chuva se intensifica. E sua agonia de pensar também. O que está acontecendo? Eu quero parar de pensar! Devo acordar cedo, estarei cansado. Justamente nos dias em que você tem compromisso, esta maldita insônia vem-te agoniar.

Dormindo sonha e respira tranquilo. Na guerra entre seus pensamentos você pediu trégua e foi se recuperar. Quanto tempo levou para dormir? Nem se lembra ao levantar. E como dormi? Quem me nanou? Apenas dormiu, e já não se lembra de mais nada, pois dormiu. Mas aqueles pensamentos acordaram com você e te seguirão pro resto do dia, e quem sabe na próxima insônia?

 
Andréia Maressa da Silva
São Bernardo do Campo, 16 de fevereiro de 2014.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s