Há pessoas que nascem como árvores,
Crescem frondosas, inteligentes,
Criando raízes.
E há pessoas que nascem como pássaros,
Crescem errantes,
Precisam voar, desvendar paisagens.

As árvores são grandes e sábias,
Porém humildes e bondosas.
Os pássaros estão sempre em busca
Do que há depois do horizonte,
do pôr-do-sol.
Às vezes quebram uma asa,
têm dificuldade para voar,
mas querem ir mais além, bem mais longe.

Voar pelo mundo afora,
porém sem se esquecer que dentre todas as árvores,
somente para uma podes voltar e repousar;
e a árvore entende o espírito irrequieto do pássaro,
que volta com saudade e brilho nos olhos,
contando o que tem pra lá.
“o pássaro dá-lhe canto, a árvore dá-lhe sombra”.
J.S.P.para R.C.S. (mãe)

Encontrei este texto no perfil de Facebook de uma boa amiga e resolvi botar aqui no Maressando. Porque tem tudo haver comigo, porque tem tudo haver com aves, porque tem tudo haver com a vida.
Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s