A caminho da Etiópia

Mais um texto antigo meu, que ainda não perdeu sua validade pra mim…Nesse período tinha ouvido coisas como “a bíblia é um livro de conto de fadas”, “um monte de estorinhas” de pessoas que pouco ou nada tinham lido mesmo!Discordando escrevi esse texto, contra o PRÉ-CONCEITO, ou aos um maus entendimentos que existem em relação aos textos bíblicos.
Como base para o texto usei um trecho da bíblia, que se encontra em Atos 8:26-40.
Antes de falar de qualquer coisa é preciso entender, conhecer e principalmente ouvir aqueles que sabem bem do assunto! Acredito que se aplique á muitos assuntos esta filosofia. Enfim, segue o texto:

A caminho da Etiópia

De viagem, a trabalho, bem longe de casa estava um Etíope.  Retornando da Palestina, seguia por uma estrada deserta a sudoeste de Jerusalém. Como havia quem conduzisse o veículo, pôde manter-se ocupado de outra maneira. Vinha lendo.
 Era o tesoureiro encarregado de todos os recursos financeiros num importante órgão do governo. O leitor africano era oficial da corte de Candace, rainha da Etiópia.
 Percebeu que um sujeito ao lado escutava a leitura, já que lia em voz alta, e o homem lhe perguntou se compreendia o que estava lendo. Ele vinha lendo o profeta Isaías, sim, o livro da Bíblia.
  O que teria levado aquele homem a ler a Bíblia?
 Certamente era um oficial instruído e conhecedor de muitas coisas para poder ocupar o cargo que ocupava. Mas não estava conseguindo compreender o que vinha lendo, por isso aceitou a ajuda do homem, Filipe , que lhe perguntou se ele estava entendendo o que lia.
  Hoje não é necessário que se ocupe um bom cargo na sociedade para que se tenha uma boa instrução. O conhecimento está em todo lugar.
  Talvez o Etíope só estivesse lendo um texto bíblico para acrescentar conhecimento. Ou talvez apenas estivesse curioso. E de fato, ele poderia ter feito apenas isso. Apenas ter acrescentado em conhecimento. Mas naquele dia, a caminho da Etiópia, ele voltou pra casa compreendendo que o processo de entendimento da Bíblia dura à vida toda.
  Ele entendeu isso, pois naquele mesmo dia foi regenerado.  Antes disso tinha capacidade de entender o que a Bíblia dizia, sim, mas talvez não de assimilar as verdades espirituais.
 O que te faria ler um texto da Bíblia?
 Religião? Obrigação? Fontes históricas? Curiosidade? Inspiração?
  Não sei… Mas por que não? Talvez não seja lá a leitura mais fácil do mundo, mas se até um oficial instruído aceitou ajuda pra compreender um texto…
 Pensando melhor, ele poderia estar lendo qualquer outra coisa, ou poderia estar fazendo qualquer outra coisa! Dormindo… Mas estava lendo um texto da Bíblia! E foi a partir desse dia que sua vida, com certeza, mudou.
 Uma atitude de apatia de arrogância em relação à Bíblia e a Deus não colabora para o entendimento e aplicação correto desses textos preciosos.
 A Bíblia para o Etíope era provavelmente apenas mais um livro, talvez seja este o caso, mas em uma leitura simples, mas verdadeira, aquele livro tomou outro sentido na vida do oficial. Tirando a poeira dos olhos,  das longas estradas que já foram percorridas, fica mais fácil de ler essa frase:  NÃO HÁ MAL ALGUM EM LER A BÍBLIA.

Andréia Maressa da Silva
São Bernardo do Campo, ‎ quinta-feira, ‎5‎ de ‎ janeiro de ‎2012, ‏‎21:30:23.
Editado, sexta-feira, 1 de fevereiro de 2013.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s